Green Sunset

Agora que vocês já conhecem o espaço do MIS e do MUBE, vamos aos eventos?

Pequeno preview da festa

Pequeno preview da festa

A idéia partiu do produtor Marcos Guzman, que se inspirou nas festas que acontecem no MoMA e no Guggenheim, de Nova York. E pronto, assim nasceu a Green Sunset: uma festa que acontece, geralmente, uma vez por mês, na parte externa do MIS e do MUBE e atrai um público descolado. O preço da entrada é super acessível e cada edição conta com um DJ convidado, destaque da música eletrônica. Além de tudo isso, quem está na festa tem acesso às exposições do MIS.

O vizinho da Green Sunset tem muito a oferecer

MUBE: o vizinho da Green Sunset tem muito a oferecer.

Primeira dica do rolê: comprem o ingresso pelo site: é mais prático e muito mais barato – para vocês terem uma noção, paguei uns 16 reais no meu ingresso com as taxas. Um amigo que comprou na porta pagou 50. Eu escolhi retirar no local e foi super tranquilo, sem filas, nem nada. Só um porém… Os ingressos acabam relativamente rápido, então fiquem atentos nas próximas datas!

A festa começava às 16h. Como toda mulher, me atrasei e cheguei no local umas 17:30, a tempo de “me encontrar” com o sol no horizonte. As imagens do sol se pondo em direção ao MUBE já valem a festa, viu? O ambiente fica automaticamente especial.

Não sei se foi sorte ou destino, mas esse pôr-do-sol foi de matar!

Não sei se foi sorte ou destino, mas esse pôr-do-sol foi de matar!

Quando a noite chega e o céu deixa de apresentar aquelas lindas nuances, é a vez da tecnologia entrar em cena: o MIS fica todo iluminado, um espetáculo a parte.

As facetas mutáveis do MIS

As nuances mutáveis do MIS

Tudo isso acompanhado de boa música, pessoas bonitas e… ba-lões! Gente, já não sou nenhuma criancinha pra ficar feliz com isso, mas juro, faz qualquer um voltar pra infância! (É ainda mais divertido depois de um tempo, que você já não aguenta mais segurar o balão, e começa a brincar com a voz de gás hélio).

Balões

Bom mesmo é quando a gente se diverte com “pouco”

E vou falar mais uma: não chegue tarde. A festa acaba pontualmente às 22h.

 

Ficou com vontade de ir? A próxima Green Sunset é dia 22 de junho, com o músico britânico Carl Barat, ex-vocalista dos Libertines. Vamos?

 

Pra quem não sabe, o MIS fica na Av. Europa, 158, Jardim Europa. Visitem o site oficial para mais informações.

Anúncios

A Versatilidade, a Arte, o MIS e o MUBE.

Quando falamos em arte uma grande variedade de sentimentos, sensações e “objetos” passam em nossa cabeça. Cores, quadros, esculturas, formas, sons, imagens, artistas, filmes e diversas outras coisas que entendemos ou que acreditamos que materialize a arte em si. O que é a arte afinal? Que formas ela pode tomar? Como expor?

Montagem ArteConsultando o dicionário Michaelis, nos deparamos com um significado atribuído à palavra em questão que nos chamou a atenção: “Execução prática de uma ideia.”. Isto é, a arte pode ser considerada tudo aquilo que pensamos e conseguimos executar praticamente e que possa ser transmitida a uma terceira pessoa! Complicado né? Haha. O que queremos mostrar é que o que é arte para mim, pode não ser para você, já que nem sempre teremos os mesmos pensamentos e também mostrar como o tema pode ser considerado versátil.

artes-plasticasO MIS (Museu de Imagem e Som) e o MUBE (Museu Brasileiro de Escultura), localizados na Avenida Europa em São Paulo, traduzem um pouco como pode ser um local que consegue suportar uma grande variedade de exposições e eventos relacionados à expressão artística atual.

???????????????????????????????Na realidade os dois locais foram criados independentemente um do outro e que atualmente foram conectados por um acesso tornando o local um ambiente “único” e que consegue abranger diversas atividades.mis-sp

 

O MIS foi criado para expor materiais de imagem e som a fim de mostrar para os visitantes a evolução da mídia como representação artística e intelectual.

???????????????????????????????

 

 

Por sua vez, o MUBE tem como intenção principal trazer para as pessoas expressões relacionadas a escultura, pintura, fotografia, grafite, desenho, música e cinema.

A integração dos dois foi permitiu trazer para um único local diversas expressões de artes atuais. Além disso, no centro dos dois locais foi implantado um restaurante que convida aos visitantes a permanecerem mais tempo no local. Nós provamos e é realmente uma delícia “perder” um tempinho ali (o Chez MIS anteriormente fazia parte apenas do complexo do MIS).

???????????????????????????????Os locais são frequentados na maioria do tempo por jovens, que tornam o ambiente mais descontraído e bonito. Em algumas datas do ano o espaço é utilizado para promover uma festa um tanto quanto diferente, mas isso vai ficar para o próximo post! Hahaha.

Vale a pena conhecer o local!!