Santo Antônio querido…

Hoje, 13 de junho, sexta-feira… Não, eu não acredito nessas superstições. Estou aqui pra falar que hoje é dia de Santo Antônio, o Santo que nunca me deixou na mão, inclusive em assuntos nada relacionados aos amorosos.

sto_antonioDe qualquer jeito, ele é mais famoso pelos seus dotes casamenteiros, mesmo. Então, dá pra aproveitar essa data querida (já que o dia dos namorados foi tão ignorado por causa da Copa) para celebrar o amor. Aquela sementinha que brota de repente na gente e toma conta, de uma forma vigorosa. A gente perde o chão, a sanidade, o orgulho e até a dignidade, às vezes. Mas estive pensando, entre uma conversa e outra de bar, nada mais digno do que se desfazer das amarras, dar a cara a tapa, deixar-se levar, não é? Porque, afinal de contas, é uma causa nobre (e bem rara esses dias, diga-se de passagem).

Amor hoje em dia é jogo. É cabo de guerra. O lado que demonstrar mais, sai perdendo, porque dá o controle todo pro outro e fica vulnerável. E, gente, não tenho moral pra falar que isso tá errado, infelizmente. Eu jogo, não demonstro, me escondo (nas minhas palavras: me preservo)… E hoje, alguém me fez pensar melhor no assunto…

Hoje, só hoje, parece que se libertar da fantasia de forte é sinônimo de viver intensamente o que o destino me guarda. Acho que é Santo Antônio fazendo milagres…

 


 

I said it before, I won’t say it again
Love is a game to you, it’s not pretend

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s